Projeto RAGIO

Página Inicial

Atualizado em 05/02/2017

Colaboradores

Todas as colaborações relevantes para o projeto serão aqui publicadas, com os devidos créditos

É o mínimo que podemos fazer para agradecer a sua colaboração !

Escolha um subsistema ou tarefa das que são descritas aqui, ou sugira outra do seu agrado.

Por exemplo, não incluímos no projeto um Acelerômetro.

Isso não impede que você ofereça uma contribuição para incluí-lo

Essa contribuição não precisa ser 100 % criada por você, adaptação de códigos ou artigos encontrados na NET também valem, se não forem soluções proprietárias.

Porque o espírito aqui é COMPARTILHAR !

Desafios

Listamos abaixo etapas e tarefas, por ordem de prioridade, não de dificuldade

Quem quiser colaborar pode assumir uma destas tarefas, ou sugerir outra, que contribua para o melhoramento do projeto.

Alguns requerem conhecimento de programação, outros de eletrônica.

Outros ainda requerem apenas bom senso e organização.

Na maioria delas, acesso à Internet é necessário, mas nem todas !

Nas tarefas que exigirem componentes eletrônicos, ou outras peças, elas serão fornecidas por mim, e enviadas para o colaborador.

Caso alguém prefira adquirir diretamente peças de baixo valor, eu me comprometo a efetuar os reembolsos, via transferência bancária.

Cadastro

IMPORTANTE :

Informe os dados como você gostaria que fossem divulgados no formato abaixo :

Nome ou apelido

Títulos, cargo, função, especialidade

Local, Empresa

Contatos : e-mail, fone, skype, etc

Por exemplo :

  • Fulano de Tal

  • Tecnólogo, programador C++

  • Fortaleza, CE

  • 55 13 98100-7777 skype Belforts

Lista de Colaboradores - Projeto RAGIO

Nome Titulo Local Contato Colaborações
Allan David Silva da Costa Engenheiro Eletricista    (UFRN)
Tecnólogo em Automação Industrial    (IFRN)
Técnico de Operações Pleno    (PETROBRAS)
Técnico em Operações da Produção do Petróleo    (ANP/IFRN)
Técnico em Eletromecânica - Habilitação Eletrotécnica    (IFRN)
NATAL
Rio Grande do Norte
Allan Costa
<allandavid.projetos
@
yahoo.com.br>
Monitor de Baterias

Pinagem

Euripedes Rocha Filho        
Manoel Lemos        
         
         
         

Escopo de trabalho :

Para os que quiserem fornecer profissionalmente os módulos, aqui está o que devem cotar :

  1. Cotar o desenvolvimento do Subsistema, por etapas.

  2. Informar previsão de prazos de entrega, por etapa.

Primeira etapa

Desenvolvimento do esquema, programação e montagem do protótipo - Montar e testar o esquema num protoboard com o Fritzing. Ele é gratuito e bastante fácil de usar

Segunda etapa

Desenhar as placas Simples e/ou Sanduíche com os componentes ativos, passivos, conectores, pinos, bornes e demais componentes.

A placa tipo Sanduíche deve ter conectores machos de um lado, e fêmea de outro (placa sanduíche), como na imagem abaixo, pois ele ficará no meio do UNO e do Shield com o Display.

Placas Simples

Conceito :

Placas Simples, que normalmente  servem para interface, precisam usar bornes de parafuso, pois trabalham com tensão ou correntes elevadas.

Normalmente, elas usam LEDS para sinalizar o estado das Entradas e Saídas, e usam conector Ribbon para se conectar às placas lógicas, ou "sanduíche".

Placas Sanduíche / Shield / RS-485

Conceito :

Conceito Placa Sanduíche

     Cabo Ribbon         Conector Ribbon

As placas "sanduíche"  são assim denominadas por serem o "recheio" do sanduíche, localizadas que estão entre a placa do Arduino e a placa do Display.

Elas possuem conectores macho de um lado, e fêmea de outro, posicionadas de tal forma que as placas possam ser empilhadas.

Elas tem furação de fixação idênticas às dos Arduinos, permitindo o uso de distanciadores e parafusos, formando um bloco único.

Algumas tem o tamanho da placa do Arduino UNO, outras do Mega. Outras ainda, o tamanho do Display Big Number

Servem mais para interligar as placas dos Arduinos (padrão) com os cabos de entrada e saída, com a alimentação, funcionam como um shield para o display, etc.

Por exemplo, cada sensor de temperatura, e Hall usa conectores com 4 pinos : positivo, negativo, saída e não conectado.

Esses conectores, individuais, entram na placa de Entradas e Saídas (Interface).

Dessa placa, os dados chegam à placa sanduíche Computador de Bordo por um cabo ribbon, nela são "desemaranhados" e encaminhados por ela aos pinos corretos do Arduino MEGA.

Cada Arduino tem sua placa sanduíche específica: Placa de Controle de Carregadores, Placa de Controle de Baterias, Gráfico e Computador de Bordo

Elas quase não tem elementos ativos, exceto os necessários à interface de comunicação RS 485

Terceira etapa

Fornecer a placa shield montada e testada.

Forneceremos os displays e os Arduinos, demais componentes por conta do desenvolvedor.

 

Dúvidas ?

Contate Horacio Belfort

belforts@bycable.com.br

13 98100-7777 WhatsApp


Licença Creative Commons

O Projeto RAGIO oferece compartilhamento de informações de acordo com a Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em
www.ragio.com.br